quinta-feira, 31 de julho de 2008

Palmeiras joga mais e vence o Flamengo

Uma análise muito por cima do jogo



No clássico entre o time de melhor campanha em casa e o que menos perdeu jogando fora, quem se deu bem foi o Palmeiras. A equipe comandada por Luxemburgo foi ligeiramente melhor na primeira etapa, e consolidou a vitória no segundo tempo, com um gol de Sandro Silva.

O Palmeiras soube como jogar contra o Flamengo. Nos primeiros minutos sufocou o adversário a ponto de quase abrir o placar com Alex Mineiro. Kleber fez um bom jogo. Atuando um pouquinho mais pela esquerda, e vindo buscar a bola no meio para armar com Valdivia, foi um dos bons nomes do Verdão. Assim como o chileno, que voltou a jogar razoavelmente bem, e graças a um passe seu saiu o gol palmeirense.

Já o Flamengo não foi mal. Porém perdeu a partida muito pelo seu ataque inoperante. O time marcou soberbamente o Palmeiras no primeiro tempo, puxando ótimos contra-ataques com seus volantes. O problema era quando a equipe chegava na intermediária do Marcos, daí sempre faltava alguém para fazer a jogada certa. Faltou um Renato Augusto. Faltou um Marcinho. Com eles em campo o resultado poderia ser outro.

Como eu havia dito, no post de terça-feira, o Flamengo continua com sua transição rápida e eficiente para o campo de ataque, mas quando chega lá esbarra na falta de qualidade e presença. Ontem, ficou evidente. Recuperação de bola, condução por parte dos volantes e depois morte da jogada, porque ninguém se apresentava para receber. Até que o Tardelli caiu em algumas situações pelo meio, mas não é sua.

Essa falta de referência de jogadores para criar no meio ficou tão clara, que até mesmo Léo Moura foi escalado, no decorrer da partida, para tentar armar as jogadas. Fracassou. E nem mesmo Juan, que cada vez mais o Flamengo virá refém de seu jogo, rendeu na segunda etapa.

Agora são cinco jogos sem vitória e perto de sair do G-4. Vou escrever a mesma coisa que havia dito há algum tempo atrás. O Flamengo precisa, urgentemente, de alguém que possa colaborar no ataque e na armação rápida. Vandinho pode ser o atacante, mas mesmo assim eu acho que o time precisaria contratar mais um jogador para setor. Nem Tardelli, nem Obina deveriam ser titulares, na minha opinião. Um meia veloz, também deveria vir para se encaixar no esquema de Caio. Felipe não é esse nome. Não para o estilo de jogo do atual Flamengo. Um jogador que cairia como uma luva na formação da equipe seria Willian, ex-Corinthians. Mas esse é difícil de trazer. Mesmo querendo voltar, duvido muito que os russos liberem.

2 comentários:

Vinicius Grissi disse...

Vitória justa. O jogo não foi perfeito tecnicamente, mas foi uma bela disputa tática. O Palmeiras buscou mais a vitória, e mereceu.

O Marcação Cerrada está de cara nova e cheio de novidades. Depois dá uma passada por lá.

Grande abraço!

carlos pizzatto disse...

O Palmeiras não sai mais do G4, e o Fla não entra.